Prazo de entrega do Imposto de Renda é prorrogado para 30 de junho

IMPOSTO DE RENDA 201,Declaração IRPF 2019

A Receita Federal vai prorrogar o prazo para a entrega do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) para o dia 30 de junho. O prazo original se encerrava no dia 30 de abril. A extensão deve-se à crise do coronavírus no Brasil. Ainda está em avaliação se o primeiro lote de restituição será ou não mantido em 30 de maio.

Foram adiados ainda os pagamentos das contribuições para o PIS/Pasep e a Cofins e da contribuição patronal devidos entre abril e maio – agora, as empresas poderão fazer o pagamento entre agosto e outubro.

Quem deve declarar IRPF

Deve entregar a declaração 2020 (ano-base 2019) o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado, o equivalente a R$ 2.196,90 por mês, incluído o décimo terceiro. Também deve apresentar o documento quem teve receita bruta de atividade rural superior a R$ 142.798,50; contribuintes com rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte de mais de R$ 40 mil, e contribuintes com patrimônio de mais de R$ 300 mil em 31 de dezembro.

Também deve entregar a declaração quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos ou fez operações na bolsa de valores; quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês no ano passado e quem optou pela isenção de Imposto de Renda incidente sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais e comprou outro imóvel até 180 dias depois da venda.

Conheça a História da ABCF e faça parte dela: https://www.portalabcf.com.br/historia/

Conheça a diretoria e o conselho da ABCF: https://www.portalabcf.com.br/abcf/diretoria-e-conselheiros/