Em Assembleia, sócios aprovam que ABCF entre na Justiça para preservar direitos de ativos e aposentados na Cemig Saúde e Forluz

Os sócios da ABCF aprovaram — em Assembleia Geral realizada nesta quarta-feira, 10/11/2021 — que a Associação, sozinha ou em conjunto com outras entidades representativas, tome medidas judiciais e extrajudiciais na defesa de seus interesses contratando escritórios de advocacia ou entrando com ações na Justiça.

As assembleias autorizativas são uma exigência da Justiça.

O que foi aprovado

A ABCF, portanto, está autorizada a questionar: (1) as modificações Prosaúde Integrado da Cemig — PSI propostas pelas patrocinadoras visando a redução/eliminação das obrigações pós-emprego; (2) a alteração/exclusão do artigo 57 (cinquenta e sete) do regulamento do Plano A da Fundação Forluminas de Seguridade Social – Forluz, bem como para exigir que as patrocinadoras assumam equacionamento total do déficit do referido plano; (3) a decisão da Cemig GT acerca das Opções de Venda (PUT) das cotas dos Fundos de Investimentos em Participações (FIPs Malbec e Melbourne), sobre aplicações na Usina de Santo Antônio, realizadas com recursos do Plano A da Forluz; (4) as alterações promovidas no regulamento do Plano B da Forluz, em 15/07/2021, caso os estudos atuariais jurídicos contratados demonstrem algum tipo de prejuízo para os participantes.

Cemig ataca plano de ativos e aposentados

Na quarta-feira, 11 de novembro, a Cemig divulgou ter entrado na Justiça com duas ações atacando o plano de saúde para ativos e aposentados. A empresa pediu ao Tribunal Regional do Trabalho que seja mediador de sua proposta (que sequer está completa ou foi negociada de verdade com as entidades representativas) com associações e sindicatos e que anule a renovação automática do Acordo Coletivo Específico (ACE) do Pró-Saúde Integrado (PSI).

A ABCF PRECISA DE VOCÊ. SEJA SÓCIO. APOIE QUEM TE DEFENDE

Precisamos fortalecer as entidades representativas, inclusive financeiramente, para protegermos os participantes da Forluz e da Cemig Saúde. Os custos com advogados e outras consultorias são elevados.

Não se esqueça de se tornar sócio da ABCF e fortalecer quem defende os participantes. Importante deixar claro que a Justiça só vai dar o direito a ações contra perdas de direitos na Forluz a quem for sócio de alguma entidade.

Se você ainda não é sócio, junte-se a nós da ABCF.

É simples se tornar um associado. Clique no link. São apenas R$ 13,57 por mês.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube. Clique aqui.

Somente nossa eterna vigilância vai proteger a Forluz e a Cemig Saúde

Receba notícias pelo WhatsApp >>> https://chat.whatsapp.com/HcRys1VwIoXKl0XLMIlSFu

Conheça a História da ABCF e faça parte dela: https://www.portalabcf.com.br/historia/

Conheça a diretoria e o conselho da ABCF: https://www.portalabcf.com.br/abcf/diretoria-e-conselheiros/