ABCF, AEA e Sindieletro querem proteção da privacidade sem prejuízo da transparência na Cemig Saúde

LGPD Cemig Saude ABCF AEA Sinidieletro
ABCF, AEA e Sindieletro querem que proteção de dados privados individuais, mas sem comprometer transparência da gestão para os beneficiários da Cemig Saúde

Entidades de representação dos participantes da Cemig Saúde enviaram solicitação à Cemig Saúde para que a votação da Política de Segurança da Informação seja adiada. Reunião está marcada para esta quarta-feira, 10 de fevereiro. Entidades se comprometem a apresentar uma proposta de Política de Transparência até 7 de maio

ABCF, AEA e Sindieletro solicitam adiamento da discussão sobre Política de Segurança da Informação marcada para a reunião do Conselho Deliberativo desta quarta-feira, 10 de fevereiro. As entidades consideram fundamental proteger a privacidade das pessoas, conforme preconiza a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), sem perder o direito de acesso dos participantes a informações sobre o plano de saúde.

As entidades enviaram uma correspondência para conselheiros e diretores da Cemig Saúde nesta terça-feira (clique aqui para ler). “Queremos apoiar iniciativas para que a Cemig Saúde evolua em sua comunicação, permitindo acesso seguro as informações pessoais e sobre as demandas dos beneficiários, através de procedimentos objetivos e ágeis, de forma transparente e em linguagem de fácil compreensão”, diz um trecho da carta.

As entidades se comprometeram a apresentar uma proposta de Política de Transparência na Gestão até 07/05/2021. A tempo de ser incluída na pauta na reunião do Conselho Deliberativo de 19/05/2021 e para ser debatida conjuntamente com a Política de Segurança da Informação.

Transparência dever ser compromisso da Cemig Saúde

A diretoria da Cemig Saúde está usando a discussão sobre LGPD como desculpa para impedir a transparência da gestão. Em sua missão, visão, valores e em seu Código de Ética, a Cemig Saúde coloca a transparência como um compromisso. Entretanto, a proposta de Política de Segurança da Informação tem itens que impedem os conselheiros de exercer seu papel de compartilhar com os beneficiários as informações da administração.

Lei da mordaça

Atualmente, a Cemig Saúde exige assinatura dos conselheiros de um termo que proíbe a divulgação de informações classificadas como “confidenciais” por uma comissão composta pela diretoria. As entidades cobraram um posicionamento sobre a “lei da mordaça” do presidente da Cemig Saúde, Anderson Ferreira (https://www.portalabcf.com.br/cemig-saude-cortes-e-lei-da-mordaca-estao-na-pauta-para-reuniao-de-quarta-16-12/) em reunião com a direção do plano de saúde.

Informações estratégicas para participantes

A pauta da Política de Segurança da Informação a ser discutida pelo Conselho Deliberativo inclui informações estratégicas para os participantes, não apenas dados pessoais. Este ponto afeta “outro direito fundamental dos participantes, o acesso à informação que é garantido na Constituição Brasileira. A transparência é um dos pilares das melhores práticas de governança, e é através dela que os beneficiários e suas entidades representativas poderão exercer o importante papel de controle social”.

“O sigilo e a transparência são faces da mesma moeda e, por isto, propomos analisar conjuntamente os parâmetros que norteiam a necessidade de sigilo de informações estratégicas e o dever de dar publicidade às informações da gestão”, concluem as entidades.

PodCast ABCF está no Spotify e outras plataformas

A ABCF quer, cada vez mais, levar informações e análises de qualidade a todos os participantes. Por isso, estamos lançando o PodCast ABCF. O PodCast é uma mídia de áudio que pode ser ouvida online ou offline. Uma espécie de rádio dos tempos de Internet.

O propósito da ABCF com o PodCast é trazer notícias e análises de maneira simples e resumida, de maneira que todos possam entender o que está acontecendo na Cemig, Forluz e Cemig Saúde.

O participante poderá escolher a plataforma de preferência para ouvir os podcasts da ABCF.

Spotify

Google PodCasts

Anchor FM

Breaker

Pocket Casts

Radio Public

A ABCF precisa de sócios para manter a defesa dos participantes

Para manter-se na defesa dos participantes, e ter fôlego financeiro para patrocinar ações em defesa dos participantes, é de vital importância que você, participante da Forluz e da Cemig Saúde, torne-se sócio da ABCF. Nossa associação é pequena e financeiramente frágil, mas gigante na defesa dos participantes. Não se fie no que estamos dizendo, basta consultar as matérias de nosso site e verificar o quanto estamos fazendo em prol dos participantes. Não paramos de agir nem durante a pandemia. Apoie quem te defende, seja sócio da ABCF.

Conheça a História da ABCF e faça parte dela: https://www.portalabcf.com.br/historia/

Conheça a diretoria e o conselho da ABCF: https://www.portalabcf.com.br/abcf/diretoria-e-conselheiros/