ABCF é sede de reunião do Grupo de Estudos Forluz e Cemig Saúde


Cerca de 15 pessoas participaram, dia 13 de agosto, da reunião do Grupo de Estudos, que foi sediada na ABCF. O tema apresentado e discutido foi o Plano A da Forluz. Marcelo Correia, coordenador do Grupo de Estudos, explicou que o objetivo principal desse encontro era entender e debater sobre as causas do déficit do Plano A.
Da Forluz estiveram presentes a Diretora de Seguridade e Gestão, Mônica Costa de Siqueira, e o gerente de Atuária e Seguridade, Thiago Felipe Gonçalves, que fez uma apresentação técnica sobre o tema em discussão. Thiago Gonçalves mostrou um panorama dos planos de previdência da Forluz, a situação financeira e atuarial, com foco especial no comportamento do Plano A e as razões do déficit atualmente existente.
Segundo Thiago Gonçalves mesmo que os rendimentos dos investimentos superem as metas ao longo do tempo, como foi o caso do plano A, outros fatores como alterações das tábuas de mortalidade, em razão do aumento da longevidade da massa de participantes, e o cenário econômico nacional têm grande influência e podem ser determinantes nos resultados financeiros dos planos. “Na prática, atingir a meta atuarial não é suficiente para promover o equilíbrio de um plano de previdência”, explica.
Mônica Siqueira reforçou que “É prioridade para a Forluz encontrar uma solução para o déficit”. Declarou ainda que a Forluz está desenvolvendo os estudos técnicos e uma proposta para apresentação às patrocinadoras.
Na opinião dos participantes a reunião foi muito proveitosa e cumpriu o objetivo do Grupo de Estudos, de sempre buscar informações técnicas que permitam o esclarecimento de dúvidas e a participação na elaboração e aperfeiçoamento de propostas, sempre visando à perenidade dos planos da Forluz.


Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário