Forluz altera regras para empréstimos. Baixe aqui o regulamento alterado

A Diretoria Executiva da Forluz aprovou alterações no Regulamento de Empréstimos, em reunião realizada no último dia 08 de agosto. As normas foram modificadas diante da necessidade de revisão nos critérios para casos de inadimplência e utilização do Fundo de Quitação por Morte. As mudanças se referem aos artigos 15, 16, 18, 19, 20 e 25.

As mudanças valem para empréstimos solicitados a partir do dia 8 de agosto de 2016.

Curta nossa página no Facebook


A partir de agora, conforme a nova redação do artigo 15, caso não sejam pagas três prestações do empréstimo, a Fundação poderá considerar vencido antecipadamente o contrato, exigindo imediata quitação do saldo devedor, acrescido dos juros remuneratórios e encargos moratórios até o efetivo pagamento.

Outra mudança diz respeito ao Fundo de Quitação por Morte. O artigo 16 passou a declarar que o Comitê de Investimentos da Fundação definirá não somente o percentual da taxa para constituição do fundo financeiro, mas também a forma de cobrança que será efetuada. Foram feitas alterações ainda nos artigos 18, 19 e 20, que tratam dos casos de participantes com doenças preexistentes.

No artigo 25, que discorre acerca das disposições gerais do Regulamento, foi acrescentado parágrafo único que atribui ao Comitê de Investimentos a responsabilidade sobre mudanças em taxas de juros, limites, prazo de amortização e percentual da taxa para constituição do Fundo de Quitação por morte, bem como sua forma de cobrança.

Não deixe de se informar sobre as novas regras. A Fundação orienta os participantes a lerem atentamente o contrato e o Regulamento, além de avaliarem adequadamente as condições propostas e sua capacidade financeira antes de assumirem o empréstimo.

Baixe o regulamento completo clicando no quadro abaixo.

Regulamento de empréstimo da Forluz



Com informações da Forluz.
Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário