Envio de proposta de mudança na Previdência antes ou depois das eleições divide governo

O Planalto está rachado sobre a promessa de Michel Temer de apresentar a reforma da Previdência até sexta-feira (30). Líderes pressionam o governo para que o texto só seja enviado depois da eleição, poupando candidatos da base. “Não dá para mandar algo dessa magnitude sem ouvir empresários, trabalhadores e aliados. E isso toma tempo”, diz um ministro. Outra ala avalia que o presidente precisa expor o projeto ainda em setembro para mostrar ao mercado compromisso com o ajuste.


Fonte: Folha de S.Paulo.

Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário