Unidos Pela Forluz – Participantes e entidades se unem na construção de um projeto em defesa da Fundação

O Movimento Unidos Pela Forluz (Sindieletro, ABCF, Arquitetos, Administradores, Técnicos Industriais, Técnicos de Segurança, Trabalhadores em Telecomunicação e Economistas), realizou nesta segunda, 22/08, um encontro que contou com a presença de trabalhadores ativos, aposentados, pensionistas e entidades representativas, inclusive o Coletivo de Entidades. O objetivo do Encontro foi a construção de um Projeto Unificado em defesa da Forluz, acima de interesses pessoais, sindicais e partidários.

Uma proposta de se construir um projeto unificado, que contemple os interesses e direitos de todos os participantes da Forluz, foi apresentada durante o evento. O projeto prevê a participação efetiva de entidades, ativos e aposentados na análise e controle das decisões da Forluz.

Nestas eleições, com a ajuda de alguns conselheiros da Cemig e de alguns representantes eleitos pelos participantes, criou-se uma grande insegurança jurídica ao não permitir que aposentados e ativos pudessem concorrer, ao mesmo tempo, a uma vaga do Conselho Deliberativo. A Justiça decidiu, a partir de uma ação do presidente da ABCF, que ativos e aposentados têm direito a disputar as eleições.


Um só projeto. Em prol da Forluz

As entidades representativas do Movimento Unidos Pela Forluz enxergam que a nossa fundação tem um corpo técnico de excelência e comprometido. Seguramente, a Forluz está entre os fundos melhor administrados do Brasil, possuindo uma governança que é referência entre as entidades de previdência complementar.

Mas, daqui a 10, 15 ou 20 anos, quem estará administrando nosso patrimônio?

Por isso, nosso Movimento entende ser fundamental a construção de um projeto que proteja a Forluz de forma permanente e definitiva, enfrentando com coragem as fragilidades e aprimorando as boas práticas já existentes.

Considerando que a Comissão Eleitoral, em reunião realizada no dia 22/08, deliberou por acatar a liminar para que ativos e aposentados pudessem se candidatar à vaga do Conselho Deliberativo, entendemos que teremos mais 15 dias para construir uma proposta que unifique participantes, assistidos e entidades representativas em torno de um projeto único.

As chapas poderão ser inscritas até o dia 8 de setembro.

Mas qual projeto?

A construção deste projeto deve ser feita da forma mais transparente e democrática possível. Sendo assim, é indispensável a presença de representantes de todas entidades e de todos participantes da ativa, aposentados e pensionistas que desejem contribuir para sua construção, inclusive como candidatos.


Propomos que as entidades do Unidos Pela Forluz, do Coletivo e  participantes desvinculados de entidades definam data, local e horário para viabilizarmos a construção deste projeto já para a próxima semana.


Receba informações do Unidos Pela Forluz pelo WhatsApp. Mande uma mensagem para (31) 99652-0124.






Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário