Por que os assistidos, mesmo sendo maioria na Forluz, têm apenas um membro nos conselhos? Não era hora de equilibrar?

Na Forluz, apesar do maior número de assistidos (aposentados e pensionistas), o conselho deliberativo possui mais de 80% de membros oriundos da ativa e o conselho fiscal 75%.

Importante lembrar que a tendência é que o ativo de hoje seja assistido no futuro, por isso não se trata de apenas equilibrar a representação, mas também torná-la menos suscetível à pressão da patrocinadora.

A Lei Complementar 108/2001, que regulamentou o funcionamento dos fundos de pensão patrocinados por empresas ou órgãos públicos, determinou a exigência de paridade nos conselhos deliberativos e fiscais entre participantes (ativos), assistidos (aposentados e pensionistas) e patrocinadoras. A Lei Complementar 109/2001 assegurou que um terço das vagas no conselho deliberativo de todo fundo de pensão deve ter, pelo menos, um representante de ativos e um representante de assistidos.

Eleição da Forluz em 2016 poderia corrigir a distorção, mas Conselho Deliberativo foi contra

Este ano haverá eleição na Forluz e perdemos uma excelente oportunidade para equilibrar a presença de assistidos no Conselho Deliberativo da Forluz, que votou contra a alteração do Regulamento Eleitoral que impõe que 2 das 3 vagas de representantes eleitos sejam reservadas para candidatos oriundos da ativa.

Confira na tabela abaixo:

Quantidade
participantes nos planos
Representante no Conselho Deliberativo (1)
Representante no Conselho Fiscal (1)
Assistidos
13.559
1
1
Ativos
8.651
5
3
(1)    Inclui eleitos e indicados.

Por que os conselheiros indicados foram contra?

A votação no Conselho Deliberativo contou com 2 votos de eleitos para fazer a mudança e 1 voto de eleito contra. Todos os conselheiros indicados pela Cemig votaram contra a proposta de alteração do Regulamento Eleitoral da Forluz.

Por que será que os conselheiros indicados votarão contra uma proposta apoiada pela maioria dos conselheiros eleitos?

Por que será que um conselheiro eleito foi contra uma proposta para democratizar a Forluz?

Será que a Cemig está com medo do poder de mobilização dos aposentados?

Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário