Previdência privada aberta cresceu 22% em abril de 2016

Os aportes a planos abertos de caráter previdenciário (que incluem os PGBLs e os VGBLs) somaram um total de R$ 8,9 bilhões em abril, registrando crescimento de 21,92% frente ao mesmo mês do ano anterior, quando os aportes foram de R$ 7,3 bilhões. 

Os dados são da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), divulgados ontem. A captação líquida (diferença entre depósitos e resgates) no período foi positiva em R$ 4,8 bilhões e superior em 33% em relação a igual mês de 2015 (R$ 3,6 bilhões). 



Os planos individuais foram os que mais receberam recursos em abril deste ano, com R$ 8,2 bilhões investidos. Nesse segmento, R$ 162,8 milhões foram para planos para menores. Os recursos destinados a planos empresariais, por sua vez, somaram R$ 702,2 milhões em contribuições. 



Na análise por modalidade de plano, o VGBL (indicado para quem não tem como se beneficiar da dedutibilidade fiscal prevista no formulário completo de IRPF), recebeu contribuições de R$ 8,2 bilhões em abril. O PGBL (indicado para quem tem como se beneficiar da dedutibilidade fiscal) registrou R$ 637 milhões. Os planos tradicionais de acumulação registraram o equivalente a R$ 64 milhões. 



Já no acumulado de janeiro a abril de 2016, os aportes aos planos somaram R$ 30,4 bilhões, alta de 10% na comparação com igual período de 2015 (R$ 27,6 bilhões). A captação líquida foi positiva em R$ 12,8 bilhões (-0,8%), em comparação à captação líquida de R$ 12,9 bilhões do ano anterior. 



Da mesma forma, os planos individuais foram os que mais receberam recursos no período: R$ 27,1 bilhões, sendo R$ 629 milhões em planos para menores, e R$ 2,6 bilhões nos recursos destinados a planos empresariais. 



O VGBL recebeu contribuições de R$ 27,6 bilhões e o PGBL, R$ 2,4 bilhões. Os planos tradicionais, por sua vez, acumularam R$ 267,5 milhões. 

Fonte: DCI.
Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário