Forluz tem custo administrativo entre os mais baixos do país

A Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc publicou o resultado da pesquisa com o acompanhamento das despesas administrativas dos planos de benefícios operados pelas Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC) em 2014. Mais uma vez, a Forluz se manteve como uma das fundações com menor custo administrativo no Brasil.  As despesas administrativas da Fundação, no exercício de 2014, ficaram em 0,20% do seu patrimônio. Resultado que tem sido mantido desde 2009, quando a Previc iniciou esse acompanhamento. 

Curta nossa página no Facebook




De acordo com a pesquisa, a média de despesas para entidades do mesmo porte, é de 0,44%. Para as entidades maiores, que têm ganho de escala, esse índice é de 0,23%, ou seja, superior ao da Fundação. 



O estudo comparativo foi realizado a partir de dados contábeis de 272 entidades, que administram 974 planos de benefícios. Como as fundações são muito heterogêneas, em termos de patrimônio, número de participantes, quantidade de planos, tipo de empresas patrocinadoras, dentre outros aspectos, a Previc dividiu as EFPCs em 5 grupos diferentes, de acordo com o patrimônio. A Forluz faz parte do Grupo B, que se compõe de entidades com patrimônio entre 5 e 15 bilhões de reais.


Acesse o conteúdo completo da Pesquisa com as Despesas Administrativas das Entidades Fechadas de Previdência Complementar Exercício 2014, da Previc em: http://goo.gl/hOr3Vo  


Fonte: Forluz.
Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário