ABCF apoia greve dos trabalhadores da Cemig

A ABCF (Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz) apoia a greve dos eletricitários da Cemig iniciada na última quarta-feira, dia 25 de novembro. Uma assembleia com mais de dois mil trabalhadores decidiu pela greve.

Curta nossa página no Facebook

Os trabalhadores reivindicam aumento real de 6% pela produtividade de 2014 e 4,87% pela produtividade de 2015, contratação imediata de 1.500 eletricistas aprovados no último concurso da Cemig, aprovados ,e assinatura de Acordo de Primarização e fim das terceirizações das atividades-fim, Participação nos Lucros e Resultados (PLR) com distribuição linear, garantia de emprego e o fim dos ataques aos nossos direitos, como o seguro de vida em grupo, a Forluz e a Cemig Saúde.




A Cemig apresentou contraproposta de reposição das perdas em 10,3%, mas com corte de 60% na Participação nos Lucros e Resultados, redução de até 80% do capital do Seguro de Vida Coletivo, não cumprimento do Plano de Cargos e Carreiras e ainda condicionou o acordo à retirada de ações trabalhistas.

Nos dias 25 e 26, os trabalhadores da Cemig se concentraram em frente à sede da empresa. Na quarta-feira, os eletricitários realizaram uma grande passeata da sede da Cemig até a Praça da Estação. Mais de dois mil trabalhadores aderiram à greve, incluindo os trabalhadores de Betim, Igarapé, Ouro Preto, Itabirito, Uberaba e Uberlândia.






Com informações do Sindieletro, G1 e O Tempo.
Fotos: ABCF
Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário