1% mais rico concentra mais riqueza que 99% da população mundial

A riqueza de 1% das pessoas mais ricas do mundo é maior que a de 99% do restante da população global. Os dados são de um estudo do banco Credit Suisse publicado pelo jornal El País, da Espanha, nesta quarta, 14 de outubro. Pouco mais de 34 milhões de ricos concentram mais da metade de todo o patrimônio e dinheiro do mundo.

É a primeira vez, na série histórica do estudo, que isso acontece. A previsão inicial é que essa concentração se concretizasse apenas em 2016, mas os dados do estudo mostram que a aceleração da diferença entre ricos e pobres tem se intensificado com rapidez. Os mais ricos estão concentrados, principalmente, nos Estados Unidos, Europa Ocidental e Austrália.



A conclusão é que os mais ricos do mundo enriqueceram ainda mais no contexto atual de crise econômica global que começou em 2008. A diferença entre ricos e pobres só aumentou desde então.

São 34 milhões de super-ricos (0,7%) com patrimônio e dinheiro calculados em 45,2% da riqueza mundial. Por outro lado, 71% dos mais pobres detêm apenas 3% da riqueza global. A situação se agrava quando se faz um recorte com os 8,1% mais ricos do mundo. A concentração de riqueza chega a 84%.

O estudo é inequívoco ao apontar que a crise mundial de 2008 não afetou a todos indistintamente. Na verdade, a crise aumentou a diferença entre ricos e pobres em todo o mundo. A crise de 2008 vem, portanto, concentrando riqueza.
Compartilhe Google Plus

Sobre Portal ABCF

Site da Associação dos Beneficiários da Cemig Saúde e Forluz. Previdência complementar, fundo de pensão, educação financeira e plano de saúde.
    Comentários Gmail
    Comentários Facebook

0 comentários :

Postar um comentário