Portal ABCF

Últimas Notícias

  • Governança corporativa da Forluz está sendo destruída – Parte 2

    A parte 1 pode ser lida aqui: Governança corporativa da Forluz está sendo destruída – Parte 1. Demissões e trocas na diretoria da Forluz enfraqueceram a governança, mas qual o objetivo? Aprendendo com a velha política, a Forluz tem cargos vagos com bons salários. Serão usados para negociar com os “aliados” para garantir apoio interno? […]

  • Governança corporativa da Forluz está sendo destruída

    Demissões de técnicos e diretores experientes; acúmulo de funções por parte do presidente; contratos sem licitação; Cemig propondo mudanças para se livrar de déficit e compromissos; alterações nos planos sendo tratadas sem nenhuma transparência para os participantes. Há ainda denuncia de uma reestruturação para atender o diretor eleito. Ao que parece, tudo sendo feito apressadamente […]

  • Deputados estaduais de Goiás querem cancelar privatização da empresa de energia do estado

    O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, Lissauer Vieira (PSB), e o líder do governo no Legislativo, Bruno Peixoto (MDB), apresentaram um projeto conjunto em que pedem o cancelamento da privatização da empresa de energia do estado. Cancelar privatização Em 2017, a CELG D foi vendida para a italiana ENEL e, desde então, […]

  • Imprevidência: Os equívocos da matéria do jornal Valor Econômico sobre fundos de pensão

    No dia 4 de novembro, o jornal Valor Econômico fez uma matéria sobre fundos de pensão que comete diversos equívocos. A reportagem trata da opção que os fundos de pensão estão oferecendo a participantes de planos de renda vitalícia de sacar todo o dinheiro dos benefícios de uma só vez. Inicialmente, uma reportagem que trata […]

  • Cemig segura criação de Plano Familiar na Forluz

    O plano para familiares dos participantes da Forluz já está pronto desde dezembro de 2018, mas não foi colocado em funcionamento até agora porque a Cemig não respondeu à Forluz sobre as alterações do estatuto da Fundação, necessárias para sua criação. O plano é um CD puro, ou seja, não tem patrocínio e não gera […]

  • Ações e fundos multimercados elevam rentabilidade de planos da Forluz

    Os planos A e B da Forluz tiveram rentabilidade acima da RMA (Rentabilidade Mínima Atuarial) e o TaesaPrev ficou acima do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) no mês de outubro. Os bons rendimentos dos planos devem-se às aplicações em renda variável (ações) e fundos multimercado. Em outubro, o Plano A teve rentabilidade de 0,80% (para […]